• José Góis

Como a realidade virtual poderá ajudar na deteção precoce de doenças cognitivas.

Com base na mais recente pesquisa nos campos da neurociência e da ciência comportamental, a Virtuleap cria jogos e tecnologia que permite desbloquear o potencial cognitivo dos utilizadores, através de treino cerebral imersivo.



A Virtuleap, startup portuguesa criada em 2018 por Amir Bozorgzadeh, Hossein Jalali, Roland Dubois e Thomas Balouet, com sede em Lisboa, venceu recentemente o concurso de pitching para a melhor startup de cuidados de saúde, atribuído no Southern European Stars 2020, destacando-se entre 200 candidaturas.

A startup portuguesa criou uma app que conjuga jogos e realidade virtual (VR) para ajudar na deteção precoce de doenças cognitivas, como a demência, Parkinson ou Alzheimer, e assim permitir um tratamento mais eficaz.


Com base na mais recente pesquisa nos campos da neurociência e da ciência comportamental, a Virtuleap cria jogos e tecnologia que permite desbloquear o potencial cognitivo dos utilizadores, através de treino cerebral imersivo.


O que são habilidades cognitivas e porque é importante o treino?


As habilidades cognitivas são as habilidades fundamentais para executarmos tarefas diárias e que permitem ao cérebro aprender, ler, lembrar, raciocinar, prestar atenção e pensar.


O treino cognitivo é um complemento saudável para os estilos de vida atuais, desenvolvendo a neuro-plasticidade através da estimulação cognitiva.

O declínio cognitivo é um processo comum no envelhecimento, no entanto, este está mais presente em pessoas que sofrem de demência, sendo esta uma das grandes preocupações de saúde pública relativamente ao envelhecimento das populações.

A pesquisa demonstra que a realidade virtual envolve múltiplos sistemas de aprendizagem, o que o torna mais eficaz e natural para o treino cognitivo do que as aplicações de treino cognitivo baseadas em ecrã 2D.


A Virtuleap acredita que o treino cerebral com realidade virtual pode acrescentar valor mesmo em estilos de vida saudáveis, e que deverá ser uma atividade realizada diariamente.


Através da realidade virtual, a Virtuleap acredita que poderá ajudar na deteção precoce de doenças cognitivas, como a demência, Parkinson ou Alzheimer, criando um novo marcador de saúde digital usando a big data proveniente dos padrões de jogo de realidade virtual.

A Virtuleap tem uma equipa multidisciplinar, constituída por especialistas em desenvolvimento e design, que trabalham em conjunto com cientistas nas áreas da audição, cognição e neurocientistas que desenvolvem aplicações de treino cognitivo de alta qualidade sob a forma de experiências de jogo agradáveis, através da aplicação Enhance.



O que é o Enhance?


O Enhance é uma aplicação de realidade virtual que oferece uma variedade de jogos para treino cognitivo, que testam e treinam várias habilidades cognitivas como a memória, resolução de problemas, orientação espacial e controlo motor.


A aplicação tem sete categorias principais:

  • Orientação espacial: A capacidade de identificar a posição ou direção do utilizador e objetos no ambiente.

  • Memória: A capacidade de codificar, armazenar e recuperar informações.

  • Atenção: A capacidade de concentração num estímulo discreto relevante.

  • Flexibilidade: A capacidade de alternar entre tarefas ou estratégias, de forma a adaptar-se às mudanças no ambiente.

  • Resolução de problemas: A capacidade de identificar um problema no estado atual e implementar as etapas necessárias para alcançar o estado ou solução pretendido.

  • Processamento: O processo de receção, processamento e atuação após informação sensorial recebida.

  • Controlo motor: A capacidade de regular movimentos que permitam uma interação com o ambiente.

Cada treino cognitivo diário, um WOD, é composto por três jogos escolhidos aleatoriamente da biblioteca de jogos e que serão diferentes todos os dias. A duração do treino diário dependerá das definições e preferências estabelecidas pelo utilizador.


Cada um dos jogos dura entre dois e três minutos e um WOD ronda um total de 10 minutos por treino.


Para avaliar o desempenho no jogo, é utilizado um sistema de pontuação de jogo, o Enhance Performance Index (EPI), que permite ao utilizador acompanhar o seu desempenho e o desenvolvimento das suas habilidades, comparando-se com outros jogadores na aplicação.


O EPI é uma agregação de desempenho ponderado em todas as categorias cognitivas, resumidas numa única tabela.


A biblioteca de jogos Enhance está em constante crescimento, sendo o objetivo da Virtuleap lançar novos jogos todos os meses.




De que forma as organizações podem usufruir da plataforma Enhance?

Comunidades sénior


A plataforma foi concebida para capacitar cuidadores e administradores com ferramentas e capacidades adicionais, que permitiram ajudar a população mais envelhecida com condições cognitivas afetadas, como a demência ou Alzheimer.


Programas de desempenho das empresas


Como complemento para as empresas, quer tenham ou não outros programas de desempenho, podendo estas capacitar os seus colaboradores através das ferramentas de avaliação cognitiva e de treino como o Enhance, permitindo-lhes compreender melhor, testar e treinar as suas capacidades cognitivas.

Institutos académicos e de investigação


Trabalhar em projetos de colaboração com organizações que estão a estudar ativamente a aplicação de tecnologias emergentes, como a realidade virtual e a inteligência artificial, para melhor entenderem e impactarem positivamente a condição humana.


Programas de educação e formação


São cada vez mais procurados os programas regulares de avaliação cognitiva e formação, para ajudar a próxima geração de trabalhadores do conhecimento a compreender melhor o seu potencial, para que desempenhem as suas funções ao melhor nível.

Programas de desporto e atletismo

Para atletas e equipas profissionais poderem usar o treino cognitivo como parte dos seus programas de saúde e segurança, bem como potenciar o desempenho dos atletas.

Sendo membros do programa Oculus Start desde 2019, tiveram destaque do Enhance por esta entidade na nova secção "Hidden Gems", permitindo que a plataforma tivesse sob os holofotes da comunidade de especialistas na área da realidade virtual.


Os fundadores da Virtuleap escolheram Portugal para criar a empresa, não só por saberem que conseguiriam ter custos baixos, mas também por saberem que teriam acesso a recursos humanos com excelentes competências técnicas e científicas, além de uma excelente qualidade de vida.

A empresa conta neste momento com dez colaboradores e está a preparar-se para um investimento de nível seed, com o qual pretende expandir a equipa, em particular com data scientists e especialistas em machine learning.


Em resumo


A transformação digital poderá trazer enormes benefícios na área da saúde, através da aplicação de tecnologias como a realidade virtual e o machine learning.


É bom também constatar que Portugal é um destino atrativo para os empreendedores da área das novas tecnologias da transformação digital, principalmente por considerarem existir talento nos profissionais nacionais.


É de salientar que mais de metade dos colaboradores da Virtuleap são portugueses, e todos com funções técnicas de elevado valor acrescentado.


Este é só um exemplo de muitos que prometemos partilhar em próximas publicações, tentando revelar como a transformação digital poderá ter um impacto positivo na sociedade e na economia.


Assine a nossa newsletter e receba as atualizações sobre saúde digital no seu e-mail

14 visualizações

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Receba as nossas atualizações

© 2020 Dialeto Digital, Portugal